Dedico este blog aos poetas, sonhadores, sábios pesquisadores, idealistas, aos que apreciam a arte e a todos que descobiram a inteligência como Dom de Deus e que usam seus talentos e dons para realizar causas nobres em benefício da humanidade.
Pesquisa personalizada

27 de maio de 2007

Planeta Água

Só ¼ da superfície é de terra


Ao invés de Terra, o lógico seria chamar este planeta de água. É que mais de três quartos de sua superfície são cobertos por água. A quantidade total de água no planeta é de 1,348 sextilhões de litros. Mesmo com os continentes espalhados, apenas um oceano, o Pacífico, domina a metade do globo. Planeta azul poderia ser outro nome. - A Terra é azul- foi a frase pronunciada pelo astronauta russo Yuri Gagarin (1934-1968), primeiro homem a efetuar um vôo espacial, em 1961.

De toda a chuva que cai na terra, só um terço chega aos rios, e volta logo para os mares. O restante penetra no solo e nas camadas rochosas profundas, onde permanece por até dezenas de milhares de anos como água subterrânea. É esse manancial que alimenta as nascentes e poços e que mantém o nível dos rios em épocas de seca. 94% da água é salgada e estão nos oceanos e apenas 0,01% se encontra nos rios e lagos do mundo.

Ciclo – A água participa de um ciclo infinito, movendo-se de um lugar para outro. O calor do sol aquece a água dos oceanos próxima da superfície e algumas moléculas evaporam. Essas moléculas ganham energia, escapam dos oceanos e se transformam em vapor d’água, que se acumulam em nuvens.

Quando as nuvens se resfriam, não conseguem mais manter a água em formam de vapor. As gotas se condensam e caem como chuva ou neve. A maioria da chuva se precipita de volta ao mar, retornando o ciclo. Parte da chuva cai na terra e é usada por plantas e animais e parte se reúne em lagos e rios, por onde desce novamente para o oceano. Só demora para retornar ao ciclo a água da chuva que penetra na terra, por minúsculos poros, ou nas rochas, por pequenas aberturas.

Correio Riograndense


PILHAS PREJUDICAM A SAÚDE E O AMBIENTE

Algumas pilhas comuns que se usa em brinquedos, rádios, máquinas fotográficas e outros aparelhos, assim como as baterias dos telefones celulares, possuem substâncias chamadas de metais pesados, como mercúrio, cádmio e chumbo. Esses metais são prejudiciais ao meio ambiente e à saúde. Como a maioria das pessoas não sabe dos danos que essas substâncias provocam, acaba jogando as pilhas e baterias usadas no lixo de casa. Daí, elas são levadas para aterros ou lixões a céu aberto. Elas ficam expostas ao sol e à chuva, deteriorando-se. Quando vazam, as substâncias tóxicas atingem o solo e chegam aos lençóis d’água subterrâneos.

Essa água é ingerida pelos animais e também utilizada na irrigação das lavouras. Os alimentos irrigados com essa água chegam às pessoas contaminados por metais pesados. As substâncias se acumulam no organismo causando problemas nos rins e no sistema nervoso.

As pilhas podem ser recicladas. Depois de trituradas e dissolvidas com produtos químicos, os metais presentes nas pilhas são separados e se transformam em óxido metálico, um pozinho parecido com cinza de cigarro. Cada substância apresenta uma cor diferente no final do processo. Esses pozinhos podem ser usados como corantes pelas empresas de tintas, vidros, pisos e cerâmicas.

Correio Riograndense


SUGESTÕES DE ATIVIDADES:
Iniciar com leitura silenciosa e depois oral. Comentário do sinônimos das palavras difíceis.

EXERCÍCIOS:
1- Desenhe um círculo e pinte a quantidade de água e a quantidade de terra existentes no globo terrestre.

2- Desenhe um círculo e pinte a água que se encontra nos rios e lagos da terra


DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DA ÁGUA


1- A água faz parte do patrimônio do planeta. Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável diante de todos.

2- A água é a seiva do nosso planeta. Ela é condição essencial de vida e de todo o ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito da água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado no Art. 3º da Declaração Universal dos Direitos do Homem.

3- Os recurso naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia.

4- O equilíbrio e o futuro de nosso planeta dependem da preservação da água e dos seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.

5- A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é sobretudo um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.

6- A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer lugar do mundo.

7- A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.

8- A utilização da água implica o respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo o homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.

9- A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.

10- O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão da sua distribuição desigual sobre a Terra.

(Histoire de I’Eau, George Ifrah, Paris, 1992)


Continuação:

3- Imprimir um texto da Declaração Universal dos Direitos da Água. Recortar o texto em dez. Distribuir um Direito para cada equipe. Cada equipe fará o estudo do seu mandamento. Após o Estudo, um aluno de cada equipe se levantará, fará a leitura e explicará o que a equipe entendeu.

4- Ainda em equipe:
Escrever dez formas de como não poluir a água.
Escrever dez regras de como economizar água.
Escrever os dez mandamentos de amor à água

5- Os alunos farão leitura dos textos escritos

6- PRODUÇÃO DE UM SONETO DIRIGIDO.
Obs: Dando as rimas para o aluno, ele não terá dificuldade para escrever
os versos. Não há necessidade de usar pontuação no final dos versos.

TÍTULO ...............................................................

.............................................................................. oceano
.............................................................................. humano
............................................................................... estável
............................................................................... potável

............................................................................... animal
............................................................................... povoação
............................................................................... nação
............................................................................... vegetal

............................................................................... cidadão
............................................................................... região
............................................................................... irmão

............................................................................... renovada
............................................................................... preservada
............................................................................... amada

7- Cantar a Música abaixo:

Planeta água

Guilherme Arantes

Água que nasce na fonte serena do mundo
E que abre o profundo grotão
Água que faz inocente riacho e deságua
Na corrente do ribeirão
Águas escuras dos rios
Que levam a fertilidade ao sertão
Águas que banham aldeias
E matam a sede da população
Águas que caem das pedras
No véu das cascatas ronco de trovão
E depois dormem tranqüilas
No leito dos lagos, no leito dos lagos
Água dos igarapés onde Iara mãe d'água
É misteriosa canção
Água que o sol evapora
pro céu vai embora
Virar nuvens de algodão
Gotas de água da chuva
Alegre arco-íris sobre a plantação
Gotas de água da chuva
Tão tristes são lágrimas na inundação
Águas que movem moinhos
São as mesmas águas
Que encharcam o chão
E sempre voltam humildes
Pro fundo da terra, pro fundo da terra
Terra planeta água... terra planeta água
Terra planeta água.


Continuação:
8- Desenhar a música e expor os desenhos.
Uma cópia da música deve ser exposta também.

7 comentários:

Anônimo disse...

Menina, seu blog é mesmo mto bom.Adorei. Tb sou professora do ensino fundamental e tenho 2 blogs um de artesanato que ama fazer e outro inciei agora para trabahar com os alunos.Pelo visto ainda tenho mto que aprender com vc. Te encontrei por "acaso", mas voltarei mais vezes"
Abraço
susana
Meus blog são: amotudoquefaço.blogspot
educacionunderechodetodos
Visite-os e deixe um comentário, está bem?

Rogério Wong disse...

Olá.Numa destas viagens astrais pela rede virtual, encontrei vosso blog. Gostei muito de alguns posts, você conhece o trabalho das COM-VIDAS (Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida nas Escolas)? Faça uma pesquisa rápida. Trabalho este que já gerou uma série de atividades para a escola.

Muito bom este blog
Inté mais vê Rogério Wong - www.educchines.blogspot.com

H K Merton disse...

Muito muito bom, útil e necessário este espaço! Parabéns e continue com o lindo trabalho (e obrigado por me linkar...).

milena geovana disse...

muito legal me ajudol a fazer um texto escolar de ciencia baseado nele.obrigadas

Anônimo disse...

menina parabens adorei seu bloge

andrea disse...

Foi nesse site aí que eu comprei o pacote de canais tvnocelular.com.br

andrea disse...

Foi nesse site aí que eu comprei o pacote de canais tvnocelular.com.br