TRANSLATE

Busque arquivos antigos

10 de outubro de 2009

Fernando Botero

Fernando Botero

Fernando Botero, nasceu em 19 de abril de 1932, em Medellin, Colômbia.

Em 1948, ele começou trabalho como um ilustrador. Em 1950,na Europa conheceu a Academia de San Fernando em Madrid, copiando Velázquez e Goya no Museu do Prado.

Botero mudou-se para Bogotá em 1951 e realizou a sua primeira mostra internacional no Leo Matiz GaI. Partindo para Madri em 1952, estudou na Academia de San Fernando. De volta à Colômbia, lecionou na Escola de Belas Artes da Universidade Nacional.

Ficou no México em 1956-57 e a experiência de Muralismo influenciou sua futura direção. Suas obras sofreram influência do renascimento italiano, onde experimentou a criação do volume em suas obras, expandindo as figuras e comprimindo o espaço em torno delas, uma qualidade que continua possibilitando ao pintor retratos de grupos imaginários e paródias sobre o trabalho de mestres famosos.

O artista Fernando Botero é um dos observadores mais agudos da conjuntura colombiana e é interessante notar os dois traços mais salientes de quase toda a sua obra: suas figuras são gordas e têm a boca fechada. Parecem pessoas que recebem comida em troca de seu silêncio.

Para este artista a cor é fundamental nos seus quadros porque dá a vida a pintura. Nos seus quadros somente existe a forma, a cor interior e também o exagero.
Há quem não goste de suas pinturas e esculturas, outros tantos que vejam em sua obra uma apologia à obesidade. Mas a obra de Botero é uma releitura instigante dos ideais de beleza do Renascimento.


The letter - 1976 - Fernando Botero


SUGESTÕES DE ATIVIDADES:

A- LEITURA DE IMAGEM

1- Descreva a mulher destacada no centro da imagem.

2- A mulher é uma criação artística ou uma mulher real? Por quê?

3- O que se observa em primeiro plano?

4- Que imagens foram dispostas ao fundo?

5- O espaço é aberto ou fechado?

6- Verifique na imagem de onde vem a luz?

7- Há alguma pista de que outra pessoa participe da vida desta mulher?

8- Analise o ambiente e liste ações que a mulher praticou.

9- Separe as ações em principais e secundárias.

10- Observe a posição da mão esquerda e a expressão facial. Como você descreve seus sentimentos?

11- O que estaria motivando sua expressão facial?

12- Como você analisa o fato da mulher estar nua?

13- Como são as cores utilizada por Botero? Há algum contraste?

14- Que sensações a cena pode produzir no espectador?

15- Onde esta cena poderia ter ocorrido?

16- Esta cena poderia ocorrer em que época?




B-LEIA O TEXTO E CRIE UMA IMAGEM PARA ELE:

O MENINO CAÇADOR
Paulo Gondim
25/11/2007


Corre o tempo, corre o vento
Corre a nuvem, corre o mar
Corre o menino no mato
Corre o menino a caçar

A vida parece ingrata
Corre o menino da fome
Corre o menino na mata
No medo que lhe consome

Na duvidosa corrida
Tanto corre, como indaga
Por que tanta diferença
Tanta guerra, tanta praga?

E o tempo do menino
Já não passa devagar
Tão cedo se atira ao mundo
Pois é preciso caçar

E o menino caçador
Só tem tempo pra caçar
Não tem sonho, não tem vida
Nem sequer pode brincar




C- EXPOSIÇÃO DAS IMAGENS: (O professor pode aproveitar algumas delas para fazer novas leituras)

Um comentário:

  1. Fernando Botero é extraordinário na forma como retrata...
    bj

    ResponderExcluir

A humanidade é um oceano. Se algumas gotas estão sujas, isso não significa que ele todo ficará sujo. (Mahatma Gandhi)