Dedico este blog aos poetas, sonhadores, sábios pesquisadores, idealistas, aos que apreciam a arte e a todos que descobiram a inteligência como Dom de Deus e que usam seus talentos e dons para realizar causas nobres em benefício da humanidade.
Pesquisa personalizada

4 de outubro de 2006

Discurso direto e indireto


DISCURSO DIRETO:


01- Discurso direto - Reproduz a fala das personagens. O próprio
personagem fala. Antes fala do personagem existe um travessão.


Pode ser organizado de duas maneiras:


a- Explica-se quem vai falar. A frase termina por dois-pontos (:). Abre-se então um novo parágrafo para nele colocar o travessão, seguido da fala do personagem. Exemplo:

O Asno e o Velho Pastor

Um Pastor observava tranqüilo seu Asno pastando em uma verde pradaria. De repente, ouviu ao longe os gritos do inimigo que se aproximava. Ele rogou ao animal para que corresse com ele na garupa, o mais rápido que pudesse, a fim de que não fossem ambos capturados. Falou, com calma, o Asno:

- Por que eu deveria temer o inimigo? Você acha provável que o conquistador coloque em mim, além dos dois cestos de carga que carrego, outros dois?
Respondeu o Pastor:
- Não.
Disse o animal:
- Então, contanto que eu carregue os dois cestos que já possuo, que diferença faz
a quem estou servindo?

b- Registra-se, depois de posto o travessão, a fala do personagem. Na mesma linha coloca-se um outro travessão e, em seguida, a frase pela qual o narrador explica quem está dizendo aquilo (iniciada por letra minúscula). Exemplo:



O Asno e o Velho Pastor


Um Pastor observava tranqüilo seu Asno pastando em uma verde pradaria. De repente, ouviu ao longe os gritos do inimigo que se aproximava. Ele rogou ao animal para que corresse com ele na garupa, o mais rápido que pudesse, a fim de que não fossem ambos capturados.
- Por que eu deveria temer o inimigo? Você acha provável que o conquistador coloque em mim, além dos dois cestos de carga que carrego, outros dois? – falou com calma o Asno.
- Não - respondeu o Pastor.
- Então - disse o animal - contanto que eu carregue os dois cestos que já possuo,
que diferença faz a quem estou servindo?

Verbos que introduzem a fala, ou explicam quem está afirmando depois do travessão:
falar, perguntar, responder, indagar, replicar, argumentar, pedir, implorar, comentar, afirmar, acrescentar, concordar, consentir, contestar, continuar, declarar, determinar, dizer, esclarecer, exclamar, explicar, gritar, indagar, insistir, interrogar, interromper, intervir, mandar, ordenar, prosseguir, protestar, reclamar, repetir, retrucar, solicitar.


DISCURSO INDIRETO:

2- Discurso indireto: O narrador conta com suas próprias palavras o que o personagem diria. Funciona como testemunha auditiva e passa para o leitor o que ouviu da personagem. Os verbos aparecem na 3ª pessoa do singular.
Exemplo:



O Asno e o Velho Pastor

Um Pastor observava tranqüilo seu Asno pastando em uma verde pradaria. De repente, ouviu ao longe os gritos do inimigo que se aproximava. Ele rogou ao animal para que corresse com ele na garupa, o mais rápido que pudesse, a fim de que não fossem ambos capturados.

O Asno perguntou ao Pastor com calma, por que ele deveria temer o inimigo e se ele não achava provável que o conquistador colocasse nele, além dos dois cestos de carga que carregava, mais outros dois.
O Pastor respondeu que não.
Então o animal disse que não faria diferença a quem estava servindo, contanto que
ele carregasse os dois cestos que já possuía.

52 comentários:

  1. Elucidativas as suas explicações sobre estes assuntos. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. ae to na escola leno essa porra pelo amor parabens em !!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. muito obrigado por me ajudar tchau.

    ResponderExcluir
  4. Olá!!
    Sou professora no Ensino Fundamental e Médio. Adorei suas sugestões. Parabéns!!
    Fernanda

    ResponderExcluir
  5. Olá sou professora do ensino fundamental II de Língua Portuguesa e me apaixonei pelo seu blog. Com certeza será meu companheiro durante o ano.
    Debora

    ResponderExcluir
  6. me ajudou a tirar uma duvida.cecilia

    ResponderExcluir
  7. Parabens pela postagem... muito esclarecedora...

    ResponderExcluir
  8. Tenho uma dúvida, houve uma contradição ali em cima:

    "Registra-se, depois de posto o travessão, a fala do personagem. Na mesma linha coloca-se um outro travessão e, em seguida, a frase pela qual o narrador explica quem está dizendo aquilo (iniciada por letra minúscula). Exemplo:"..."- Por que eu deveria temer o inimigo? Você acha provável que o conquistador coloque em mim, além dos dois cestos de carga que carrego, outros dois? – Falou com calma o Asno.
    - Não. - Respondeu o Pastor.
    - Então - Disse o animal - contanto que eu carregue os dois cestos que já possuo,
    que diferença faz a quem estou servindo?"
    Se é pra usar letra minúscula, como especificado nos parênteses, foi um erro colocar letra maiúscula depois do travessão? Ou não é pra colocar letra minúscula?

    ResponderExcluir
  9. Henrique

    Foi erro mesmo, mas já fiz as correções.

    Obrigada por me alertar.

    ResponderExcluir
  10. Oiie sou uma aluna do Caetano de Campos e gostei muito da sua história para me ajudar nos discursos diretos e indiretos!

    ResponderExcluir
  11. Muito legal...Me ajudou muito com meu trabalho de escola... mto obrigada

    ResponderExcluir
  12. muito grande da ate preguiça de ler

    ResponderExcluir
  13. achei de mais!, me ajudou bastante no trabalho do colégio

    ResponderExcluir
  14. muito obrigado por mim ajudar obrigado tchau..............

    ResponderExcluir
  15. muito obrigado por mim ajudar é muito importante,tchau

    ResponderExcluir
  16. oi alguem pode me ajudar a fazer um texto com discurso direto?

    ResponderExcluir
  17. Acesse este endereco
    http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:b9JckpiT-UoJ:www.algosobre.com.br/redacao/tipos-de-discursos.html+exemplo+de+discurso+direto&cd=2&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br

    ResponderExcluir
  18. eu n sei o que é direto e indireto aminha escola e uma bosta

    ResponderExcluir
  19. Qual texto é direto e qual é o indireto?

    PRIMEIRO TEXTO.

    Um Pastor observava tranqüilo seu Asno pastando em uma verde pradaria. De repente, ouviu ao longe os gritos do inimigo que se aproximava. Ele rogou ao animal para que corresse com ele na garupa, o mais rápido que pudesse, a fim de que não fossem ambos capturados. Falou, com calma, o Asno:
    - Por que eu deveria temer o inimigo? Você acha provável que o conquistador coloque em mim, além dos dois cestos de carga que carrego, outros dois?
    Respondeu o Pastor:
    - Não.
    Disse o animal:
    - Então, contanto que eu carregue os dois cestos que já possuo, que diferença faz
    a quem estou servindo?

    SEGUNDO TEXTO.

    Um Pastor observava tranqüilo seu Asno pastando em uma verde pradaria. De repente, ouviu ao longe os gritos do inimigo que se aproximava. Ele rogou ao animal para que corresse com ele na garupa, o mais rápido que pudesse, a fim de que não fossem ambos capturados.
    O Asno perguntou ao Pastor com calma, por que ele deveria temer o inimigo e se ele não achava provável que o conquistador colocasse nele, além dos dois cestos de carga que carregava, mais outros dois.
    O Pastor respondeu que não.
    Então o animal disse que não faria diferença a quem estava servindo, contanto que
    ele carregasse os dois cestos que já possuía.

    ResponderExcluir
  20. AdorO Português minha matéria preferida só tiro notas boa !!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  21. òtimo, a linguagem etsa bem especificada e entendemos tudo, estou prestes a faser um vestibular e vcs me ajudaram muito,
    parabéns!!

    ResponderExcluir
  22. obg por me ajudar-me
    bbbbbbbjjjjjjjjjjssssssss!

    ResponderExcluir
  23. Valeu,me ajudou muito.você é dez!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  24. eu odeio portugues e essa materia tbm !!! afff
    haa !!! gustavo te amo s2

    ResponderExcluir
  25. isso e muito fácil!coisa de quinta serie!
    kkkmais eu sou do oitavo ano!

    ResponderExcluir
  26. eu sou muito ruim em portugues e nao gosto
    mas essa materia é legal
    pedro eu te amo sou completamente apaixonada por vc
    beijos S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2 S2

    ResponderExcluir
  27. Otimo me ajudou muito!

    ResponderExcluir
  28. oie gostei dessa explicação de discurso direito e indireto me ajudou um pouco.
    beijos. Lara :)

    ResponderExcluir
  29. Boa tarde Terezinha,

    gostei da sua explicação. Tenho dúvida de uma coisa. Quando você diz:
    "b- Registra-se, depois de posto o travessão, a fala do personagem. Na mesma linha coloca-se um outro travessão e, em seguida, a frase pela qual o narrador explica quem está dizendo aquilo (iniciada por letra minúscula)" no discurso direto é obrigatório adicionar outro travessão na mesma linha depois da fala da personagem e explicar quem está dizendo aquilo ou esse travessão pode ser substituído por um ponto,interrogação, exclamação, vírgula (ou meio traço) ou ponto-e-vírgula? Exemplo:

    - Por que eu deveria temer o inimigo? Você acha provável que o conquistador coloque em mim, além dos dois cestos de carga que carrego, outros dois? Falou com calma o Asno.
    - Não. Respondeu o Pastor.
    - Então, disse o animal, contanto que eu carregue os dois cestos que já possuo,
    que diferença faz a quem estou servindo?
    Parece que tem autores que escrevem assim. O que você diz sobre isso?

    Atenciosamente

    ResponderExcluir
  30. Mudei as cores. Acho que agora dá para entender melhor.

    ResponderExcluir
  31. GOSTEI MUITO OBRIGADO...............................

    ResponderExcluir
  32. gostei pá caramba essa porra é muito facil


    eu gosto de 30 seconds to mars é melhor do que estudar

    ResponderExcluir
  33. gostei desse site muito bom !!!!

    ResponderExcluir
  34. Parabéns ao blog, sou uma aula do ensino fundamental e precisava fazer um trabalho sobre discurso direto e indireto, e esse blog me ajudou muito.
    Um abraço.
    Gabriela

    ResponderExcluir
  35. muito muito muito obgggg me ajudou muitoo e ja terminei meus textos com a sua ajudaaa bejs ass:maiara

    ResponderExcluir
  36. muito obrigada por me ajudar a estudar para a prova que irei fazer!

    ResponderExcluir
  37. Não percebi nada! --`

    ResponderExcluir
  38. me ajudou muito obrigada vou me da bem na prova

    ResponderExcluir
  39. vlw muito ajudou muito brigado

    ResponderExcluir
  40. Primeiramente bom dia, gostaria muito de te dar parabéns, nao só pelo blo, mas pelo simples fato de te-lo escrito pelo simples motivo de querer ajudar quem possui dificuldades com a matéria, já que eu suponho que ele não te de retorno algum financeiro, muito legal MESMO da sua parte. Estou estudando para egressar em uma escola técnia federal. entre o conteúdo programático esta "discurso reto e indireto" sua explicação objetiva e fácil me ajudou bastante, Obrigada. e continue essa pessoa bacana que reserva uns minutos(ou horas) do seu dia pra ajudar outras pessoas. Parabébs mesmo.

    ResponderExcluir
  41. Obrigado por me ajudar.
    Eu estava lendo um livro e não entendia nada me deram o link deste site via msn e eu tirei todas as minhas dúvidas.
    Valeu mesmo ~.~ .

    ResponderExcluir
  42. é muito interessante mas que penq que eu odeio estudar.........

    ResponderExcluir
  43. sou aluna e odiei o seu blog
    tira essa merda dai

    ResponderExcluir
  44. tb sou estudante (aluna) e achei o seu blog exelente...mas infelizmente tem gente ke naum sabe apreciar !
    PARABÉNS.....

    ResponderExcluir
  45. eu sou um aluno.este blog me ajudou muito na pesquisa mas olha no paragrafo do discurso indireto, está escrito narador e não narrador.

    obrigado
    paulo

    ResponderExcluir
  46. Parabéns, suas informações estão bem claras... vou trabalhar esse texto com os meus alunos. Obrigada.

    ResponderExcluir
  47. Esto estudano isso obrigado pela a ajuda qeira eu tirra um dez na provA

    ResponderExcluir
  48. obrigada amei sua explicaçao ela e genialllll

    ResponderExcluir
  49. obrigado você me tirou uma duvida na matéria da prova

    ResponderExcluir

A humanidade é um oceano. Se algumas gotas estão sujas, isso não significa que ele todo ficará sujo. (Mahatma Gandhi)