Pesquisa personalizada

1 de janeiro de 2007

Conto infantil


A Lebre e a Tartaruga



Uma vez uma tartaruga quis apostar uma corrida com uma lebre, porque a lebre sempre caçoava de sua maneira lenta de caminhar. Então a lebre saiu correndo e a tartaruga atrás. Um tempo depois a lebre disse:
_ Vou ganhar de qualquer jeito mesmo, acho melhor descansar um pouco.
Então, deitou-se, dormiu e sonhou com o prêmio que em breve iria receber. Po r outro lado, a tartaruga continuou caminhando devagarinho, mas sem parar.
Finalmente a tartaruga cruzou a linha de chegada e a lebre, conseqüentemente, perdeu a corrida.


Este conto nos faz lembrar aquelas pessoas que acham que sabem mais que outras, e acomadam-se, pensando nunca serem derrotadas. Por isso não se atualizam, não estudam. Quando vão se dar conta, foram superadas por outras, que sempre galgaram postos, mas de uma forma mais lenta. Estas, como nunca desistiram, passaram adiante e continuaram sua caminhada, surpreendendo a todos.

Um comentário:

  1. Dirailson Gomes da Rocha9/16/2008

    Infelizmente estamos convivendo com pessoas assim todos os dias. É preciso seguirmos nosso caminho sem olhar para esse tipo de gente pois elas em nada nos ajuda, aliás, nos ajudam a crescer porque, enquanto elas estão dormindo sem se preparar, profissionalmente, nós estamos buscando mais e mais. Sabemos que somos seres humanos e que nunca estamos prontos!

    ResponderExcluir

A humanidade é um oceano. Se algumas gotas estão sujas, isso não significa que ele todo ficará sujo. (Mahatma Gandhi)