TRANSLATE

Busque arquivos antigos

10 de julho de 2007

Regionalismo

Oração do Gaúcho


Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo
e com licença patrão celestial
Vou chegando, enquanto cevo o amargo de minhas confidências
porque ao romper da madrugada e ao descambar do sol
preciso camperear por outras invernadas e respontar do céu a
força e a coragem para o entrevero do dia que passa.

Eu bem sei que qualquer guasca bem pilchado, de faca,
rebenque e espora, não se afirma nos arreios da vida
se não se estriba na proteção do céu.

Ouve patrão celeste a oração que te faço
ao romper da madrugada e ao descambar do sol.
Tomara que todo mundo seja como irmão,
ajuda-me a perdoar as afrontas e não fazer
aos outros o que não quero para mim

Perdoa-me Senhor, porque rengueando pelas canhadas
da fraqueza humana, de quando em vez, quase sem querer,
eu me solto porteira a fora...
êta potrilho chucro, renegado e caborteiro.

Mas eu te garanto meu Senhor, quero ser bom e direito!
Ajuda-me Virgem Maria, primeira prenda do céu,
socorre-me São Pedro, capataz da estância gaúcha.

Pra fim de conversa vou te dizer meu Deus,
mas somente pra ti, que tua vontade leve
a minha de cabrestro pra todo o sempre
e até a querência do céu, amém.

Dom Luís Felipe de Nadal

VOCABULÁRIO:

cevar

1. Alimentar, nutrir:

2. Tornar gordo; engordar:

3. Satisfazer, saciar, fartar:

camperear – regionalismo – procurar no campo

respontar – regionalismo – reaparecer, surgir outra vez

guasca – tira ou correia de couro cru

pilchado – adornado, enfeitado

rebenque – pequeno chicote

rengueando - mancando

canhadas

1. A parte baixa entre colinas ou coxilhas. baixadas

2. Vala profunda aberta por chuvas fortes em ladeiras muito

2. Vala profunda aberta por chuvas fortes em ladeiras muito íngremes.

potrilho – potranco (não se usa no feminino)

chucro – regionalismo – não foi domado

caborteiro - cavalo arisco, falso, velhaqueador, cheio de manhas.

prenda – regionalismo - dama

capataz - Administrador de fazenda

estância - fazenda

SUGESTÃO DE ATIVIDADE:

1- Reescrever o poema substituindo palavras do poema por palavras do vocabulário

2-Produção de texto em equipe: Escrever a oração:

do paranaense, do cearense, do baiano ... , procurando usar os regionalismos dos respecitivos Estados.


4 comentários:

  1. Parabéns, professora, pela sugestão de atividade.Ela serve para trabalhar a diversidade lingüística em nosso país.Além de mostrar os gêneros textuais:poema e oração.
    De novo,aqui poderia aparecer a produção de pelo menos um aluno.
    Grato pela atenção:Professor Sérgio

    ResponderExcluir
  2. eu que sou gaucha adorei meuito.
    mas acho que deveria ter classificasao das roupas que uma prenda usa.


    obrigada por ler
    beijos

    ResponderExcluir

A humanidade é um oceano. Se algumas gotas estão sujas, isso não significa que ele todo ficará sujo. (Mahatma Gandhi)