TRANSLATE

Busque arquivos antigos

17 de abril de 2008

São Francisco

TEXTO I - SÃO FRANCISCO



Lá vai São Francisco
Pelo caminho
De pé descalço
Tão pobrezinho
Dormindo à noite
Junto ao moinho
Bebendo a água
Do ribeirinho.


Lá vai São Francisco
De pé no chão
Levando nada
No seu surrão
Dizendo ao vento
Bom-dia, amigo
Dizendo ao fogo
Saúde, irmão.


Lá vai São Francisco
Pelo caminho
Levando ao colo
Jesuscristinho
Fazendo festa
No menininho
Contando histórias
Pros passarinhos.

Vinícius de Moraes

SUGESTÕES DE TRABALHO:

1- Leitura oral

2- Declamação do poema

3- Reescrever os versos substituindo a palavra destacadas:

“Levando nada

No seu surrão”.

“Lá vai São Francisco pelo caminho

Contando histórias pros passarinhos”

4- Identificar os verbos que estão no gerúndio:

5- Identificar adjuntos adverbiais da primeira estrofe.

6- Encontrar dois vocativos na segunda estrofe:

7- Descobrir as funções sintáticas das palavras destacadas:

Lá vai São Francisco
Pelo caminho
Levando ao colo
Jesuscristinho
Fazendo festa
No menininho
Contando histórias
Pros passarinhos.


8- Identificar as rimas do poema:

9- Responder quantas são as estrofes e os versos.

10- Reescrever o poema sem usar o diminutivo.

11- Comparar o poema no diminutivo e no grau normal e dar opinião a respeito das diferenças.

12- Descobrir as características físicas e psicológicas de São Francisco.

13- Reescrever o poema em prosa usando o discurso direto e o discurso indireto.

14 Escrever uma paráfrase do texto. O início pode ser assim:

Lá vai o bóia-fria

Pelo caminho

15- Escrever uma paráfrase a partir do desenho abaixo.

16- Desenhar as três estrofes do poema e expor.

17- Esculpir São Francisco e animais em sabão ou fazer modelagem em argila, massa de biscuit ou massa de modelagem.


RECEITA DE MASSA DE BISCUIT

18- Desenhos para colorir:

19 Pesquisar sobre os temas:

A transposição do Rio São Francisco,

A Cidade de Assis na Itália,

Biografia de Francisco de Assis.


TEXTO II - ORAÇÃO DE SÃO FRANCISCO

Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvida, que eu leve a fé;
Onde houver erro, que eu leve a verdade;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre, Fazei que eu procure mais
Consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois, é dando que se recebe,
é perdoando que se é perdoado,
e é morrendo que se vive para a vida eterna.

São Francisco de Assis


SUGESTÕES DE ATIVIDADES:

1- Reescrever o texto na 2ª pessoa do singular, na 1ª e na 2ªp do plural do presente do subjuntivo.

2- Identificar as regras de acentuação gráfica das palavras acentuadas.

3- Grifar os verbos que estão no particípio

4- Identificar dois vocativos.

5- Usar o dicionário e definir as palavras perdão, união, fé, vaidade, esperança, alegria...

6- O primeiro texto fala de coisas que concretas e o segundo de coisas abstratas: Pedir para o aluno comparar os textos e descobrir quais as coisas concretas e quais as abstratas.

7- Cantar o texto. Os alunos que sabem tocar algum instrumentos poderão tocá-los nestas hora.




DESENHO PARA DESENVOLVER UM TEATRO


ESCREVER UMA PARÁFRASE DA ESTÓRIA DA CHAPEUZINHO VERVELHO



Um comentário:

  1. Professora,ficou muito lindo!Mais uma vez parabéns!Obrigado pelas sugestões.
    Professor Sérgio

    ResponderExcluir

A humanidade é um oceano. Se algumas gotas estão sujas, isso não significa que ele todo ficará sujo. (Mahatma Gandhi)