TRANSLATE

Busque arquivos antigos

7 de dezembro de 2008

Objetos Sagrados


Na última sexta-feira de novembro aconteceu uma Feira de Ciências na Escola Vinícius de Moraes, uma das três escolas onde lecionei este ano. Fica a uns doze quilômetros de minha casa, e, para chegar até lá, só comendo poeira ou amassando barro, pois não há asfalto. E não sou a única, os demais professores também fazem o mesmo. O ano inteiro, todas as segundas-feiras, eu ministrei uma aula. Isso mesmo, eu viajei 24 quilômetros (ida e volta) para ministrar uma aula por semana. A escola fica numa cidadezinha chamada Saltinho do Oeste. Este pacato e tranqüilo vilarejo tem apenas três quarteirões asfaltados, uma praça pequena com uma igreja no centro, uns dois ou três armazéns, onde se vende de tudo um pouco, e o prédio escolar.
Apesar da dificuldade de locomoção, eu gostei muito de fazer parte de seu corpo docente, e nada me impediu de que eu participasse, juntamente com a professora Filomena, da Feira de Ciências, com uma exposição de Objetos Sagrados. A professora Filomena ficou responsável pela 5ª série e eu pela 6ª série. Nossa parceria foi perfeita. Apesar da precariedade, o resultado foi ótimo, e superou nossas expectativas. A intenção era expor objetos sagrados de muitas religiões, mas isso não ocorreu porque a maioria da população é Católica, de forma a maioria dos alunos só trouxe para a exposição objetos do catolicismo. 

Um comentário:

  1. Ola Terezinha,

    Parabéns pelo blog.

    Gostaria de trocar links contigo. Tenho um blog sobre mobiliário (mobliarioblog.blogspot.com), e posso fazer uma referência ao teu através dum link para ti num dos meus posts.

    Em troca, peço o mesmo (link para o meu blog num post teu).

    Aceitas?

    Bjs,
    AF

    blogdomobiliario (arroba) gmail.com

    ResponderExcluir

A humanidade é um oceano. Se algumas gotas estão sujas, isso não significa que ele todo ficará sujo. (Mahatma Gandhi)