TRANSLATE

Busque arquivos antigos

28 de maio de 2010

Abuso sexual contra crianças e adolescentes

Pode estar onde você menos imagina


  • Roupas rasgadas ou manchadas de sangue;
  • Erupções na pele, vômitos e dores de cabeça sem qualquer explicação médica;
  • Dificuldade em caminhar;
  • Dor, inchaço, lesão ou sangramento nas áreas genitais ou anais;
  • Infecção urinária;
  • Secreções vaginais ou penianas;
  • Doenças sexualmente transmissíveis;
  • Auto flagelação;
  • Distúrbio no sono (medo de escuro, suores, gritos ou agitação noturna, sonolência, pesadelos frequentes);
  • Dificuldade de aprendizagem;
  • Mudanças de comportamento, sem outros motivos aparentes (ex: passou a ser muito agressivo, apático ou isolado, com alternância de humor);
  • Enurese noturna (urinar na cama);
  • Falta de apetite;
  • Masturbação visível e contínua, brincadeiras sexuais agressivas;
  • Relutância em voltar para casa ou fugas da escola;
  • Não participar de atividades escolares e ter poucos amigos;
  • Não confiar em adultos, principalmente aqueles que lhe são próximos;
  • Idéias e tentativas de suicídios;
  • Dificuldades de concentração;
  • Hiperatividade;
  • Comportamento rebelde;
  • Alega ter sido molestada(o) sexualmente por parente ou responsável;
  • Tristeza e abatimento profundo;
  • Regressão a um comportamento muito infantil;
  • Comportamento sexual explicito (ao brincar ela demonstra conhecimentos impróprios para a idade);

Denuncie no Conselho Tutelar de sua cidade
"Crianças e adolescentes sabem mais do que imaginamos: resgatar suas vozes, ouvir suas queixas e investigá-las é o primeiro mandamento para assegurar proteção verdadeira à infância e adolescência".


Veja fotos e video da passeata realizada em Alto Piquiri, no dia 20 de maio, com alunos do Ensino Fundamental, em protesto contra o abuso e a exploração sexual

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A humanidade é um oceano. Se algumas gotas estão sujas, isso não significa que ele todo ficará sujo. (Mahatma Gandhi)