TRANSLATE

Busque arquivos antigos

12 de setembro de 2013

Não é mole fazer jornal



NÃO É MOLE FAZER JORNAL

Se a letra é miúda, não se pode ler.
Se a letra é grande, quase não tem o que ler.
Se trata de política, é intrometido.
Se não trata, é monótono.
Se desenvolve a notícia, é mentiroso.
Se não desenvolve, é falho.
Se é satírico, não é sério.
Se não é, foi escrito por estátua de pedra.
Se interessa às mulheres, é um jornal para senhoras.
Se interessa aos homens, é um jornal machista.
Se é caro, explora.
Se é barato, não presta.
Se chega a tempo, apenas cumpriu sua obrigação.
Se chega atrasado, recebe reclamações.
Se falha um dia, está indo à falência.
Se sai todos os dias, é escrito por analfabetos.
Se usa o linguajar profundo, é esnobe.
Se usa palavras vulgares, não tem qualidade.
Se não tem notas policiais, é comprometido.
Se tem notas policiais, é desumano.
Se é resumido, é superficial.
Se é profundo, é cansativo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A humanidade é um oceano. Se algumas gotas estão sujas, isso não significa que ele todo ficará sujo. (Mahatma Gandhi)