TRANSLATE

Busque arquivos antigos

4 de agosto de 2014

Claude Monet

Para os impressionistas a luz é extremamente importante, pois ela deve ser captada com o máximo de pureza.

        Claude Monet estudou os efeitos da luz ao pintar a Catedral de Rouen em diferentes horários e em diferentes épocas do ano, captando as cores  de uma mesma superfície.
Para ver as diferenças provocadas pela mudança de luz na paisagem fotografei este local me posicionando no mesmo local em três horários diferentes, 10:00 horas da manhã, 13:15 horas e 17:00, no dia 25 de setembro de 2012. Veja o resultado:

Esta foto foi tirada às 10:00 da manhã. O sol está alto mas a luminosidade não é plena, ela ofusca nossos olhos e faz com que enxerguemos a paisagem um pouco escurecida ainda.
No primeiro plano, no canto superior direito, está visível uma pequena parte do beiral da casa. Ele está iluminado. O gramado apresenta uma coloração verde claro, com tons amarelados  e as rosas mostram um vermelho intenso. O chão da calçada onde está estacionado o carro recebe bastante luz. O carro recebe luz por cima. Em seu para-brisa há um ponto onde o sol está refletido, apesar disso, as autras partes do vidro estão escurecida e adquirem uma cor meio azulada.
As árvores são iluminadas por cima e em consequência, as folhas nas suas  copas, que estão viradas para cima, ficam brancas enquanto que sombras escuressem seu interior, o tronco e o chão. Nota-se que a posição da Terra em relação ao Sol faz com que as sombras sejam obliquas, isso está muito visível nas sombras projetadas pelos dois postes de energia e pela cerca do quintal.
Há sombras na calçada e nos dois lados da casa e elas adquirem um tom azulado como o céu. Uma pequena parte do telhado recebe luz direta. As duas pequenas antenas no telhado e a lâmpada do poste quase desaparecem. As janelas da casa também refletem a luz do céu.
O céu mostra dois tons de azul, sendo a cor do horizonte um pouco mais clara. Como a luz não bate diretamente no portão da casa menor, isso faz com que ele fique opaco e mostre uma cor cinza e acentue as sujeiras acumuladas pelo tempo.


            Esta foto foi tirada às 13:15 mintutos. É bem nítida a mudança de luminosidade. A claridade aumentou, tudo é visto com nitidez. A Terra já se movimentou e giro um pouco mais, com isso, além da mudança da claridade, há mudança do ângulo das sombras, elas são projetadas para o lado oposto da foto anterior.
            Numa pequena mostra do beiral, em primeiro plano, nota-se que ele está na sombra e adquiriu uma tonalidade alaranjada. O gramado tem um verde mais claro, mas as cores amareladas permanecem.  Já não se enxergam no quintal as sombras da cerca e do poste. A cor vermelha das rosas escureceu e cor da terra clareou.
            A luz solar iluminou um pouco mais as árvores e elas apresentam agora vários tons de verde e muitas folhas brancas. As sombras diminuiram. A árvore que fica do outro lado da rua projeta sombras na parede da casa, mas são alongadas, em direção ao chão. A calçada ficou quase branca.  A lâmpada do poste ficou marcada na parte superior. O poste também foi iluminado frontalmente, sua lateral permanece escura.
            As paredes e o telhado da casa maior estã iluminadas, portanto, com a cor mais clara. As sombras acinzentadas nas laterais permanecem. A vidraça da janela maior reflete a coloração da árvore que está próxima e as antenas estão mais definidas.
            O portão da casa menor mostra suas ondulações de claro e escuro


            Esta foto foi tirada às 17 horas. O céu está mais claro, mas não mais límpido. Vêem-se nuvens de três colorações: brancas, azuis e cinza, elas escondem o sol, e  não há projeção de sombras.

            O beiral da casa, em primeiro plano, escureceu O gramado ficou menos nítido e o amarelo ficou quase imperceptível. A cerca adquiriu uma cor azulada e a calçada e a rua escureceram

            A árvores têm cores quase iguais e não estão bem definidas. O verde tornou-se escuro e a profundidade quase desapareceu, como se elas estivem na mesma direção, uma ao lado da outra. Não há sombras delas projetadas delas. A casa não recebe luz direta. Todas as faces têm a mesma coloração opaca.

            Fazendo uma breve comparação entre as três fotografias do mesmo local em horários diferentes observou-se que as duas primeiras fotos não apresentam uma diferença marcante, a maior diferença foi percebida na fotografia da tarde, pela pouca luminosidade, porque as nuvens se colocaram na frente do sol e impediram a ação da luz. 

OUTRO PONTO DE VISTA, FOTOGRAFADO NOS MESMOS HORÁRIOS.  Use as imagens para desenvolver a atividade escrita com os alunos:













Nenhum comentário:

Postar um comentário

A humanidade é um oceano. Se algumas gotas estão sujas, isso não significa que ele todo ficará sujo. (Mahatma Gandhi)