TRANSLATE

Busque arquivos antigos

7 de outubro de 2006

O mendigo e a pedra

Numa pequena cidade do interior havia um pobre mendigo. Fazia tudo que todo mendigo faz: dormia nas calçadas, pedia pão, roupas velhas (é o que todo mundo dá). Ganhava estas coisas e as colocava dentro de sua mochila. Nos dias bonitos de sol, ele sentava na praça, estendia sua roupa no chão para secar. Pegava o pão velho e amassava-o com uma pedra que ele trazia na mochila, comia como se fosse uma sopa. Era um mendigo que não incomodava, até gostava de conversar e brincar com algumas crianças.

Assim levava a vida... Quando ele demorava para aparecer o povo sentia falta. Ele, porém, mais cedo ou mais tarde sempre chegava.

Aconteceu, porém, que num dia de muito frio, o mendigo não apareceu. Estava morto! Foi achado no começo da rua principal. O povo correu para ver o homem morto. Do lado dele estava a mochila e mais nada.

O povo, “cheio de bondade” ajeitou o enterro e o levou ao cemitério.

Um jovem curioso revirou a mochila e gostou da pedra que o mendigo usava para amassar o pão velho. Levou-a para sua casa. Ao lavá-la, descobriu que era uma pedra preciosa: um diamante. Todo o dinheiro da cidade não dava para comprá-la.


Desenho para cartaz


ANÁLISE DO TEXTO:

MENDIGO:

- Era rico e não sabia
- Lavava a roupa, mas não lavava a pedra
- Misturou trapo, pão velho e a pedra preciosa
- A pedra ficou encardida
- Não se valorizava
- Acomodou-se na vida – era mais fácil pedir
- Escolheu o pior lugar – a rua
- Deixou casa, convívio familiar
- Contentou-se com restos
- Não via suas capacidades
- Há muitas pessoas que são como ele

MOCHILA

- Representa a vida das pessoas.
- Muitas não acrescentam nada de bom em si mesmas
- Não investem em si próprios
- Não acreditam em suas capacidades e vivem mendigando
- EX: Não consigo aprender isto – faça para mim
Não consigo desenhar – vou para para alguém
Não sei fazer este serviço ...

DIA DE SOL

- Representa a juventude
- As oportunidades
- As facilidades
- O tempo oportuno

DIA DE FRIO

- A velhice
- A falta de oportunidade
- A doença
- As dificuldades

O POVO

- A maior parte das pessoas (negativas)
- Pessoas que criticam
- Ajudam a enterrar
- Não querem o sucesso dos outros
- Só dão restos, coisas que não são úteis
- Não ensinam

PÃO SECO – ROUPAS VELHAS

- Crítica
- Desvalorização

O JOVEM

- Representa a minoria das pessoas (positivas)
- Pessoas com força de vontade
- Que buscam alternativas
- Vão atrás das oportunidades
- Esforçam-se (o jovem lavou a pedra)

O DIAMANTE

- São as nossas capacidades
- Representa nosso valor
- Nossos talentos, dados por Deus – devem ser polidos

PROPOSTA

- Fazer uma busca interior
- Ter curiosidade em descobrir e desenvolver as capacidades
- É preciso lavar e polir o diamante escondido em cada um
- Mendigo – se tivesse recebido ajuda, podia ter descoberto seu valor
- Muitas pessoas nos aguardam, querem descobrir seu valor
- 1º descobrir nosso diamante
- Depois ajudar outras pessoas.


SUGESTÃO DE ATIVIDADE EM DUPLAS:

RESPONDA: O que representa

- O mendigo?
- A mochila?
- O dia de sol?
- O dia de frio?
- O povo?
- O pão seco e as roupas velhas?
- O jovem?
- O diamante?

2- Quem são os mendigos de hoje que aguardam nossa ajuda para descobrir o diamante que existe nele?

3- O que fazer para mexer na mochila do mendigo que vive conosco?

4- Como tratamos os mendigos de hoje?

5- Desenhar o texto como história em quadrinhos.



MENSAGEM

- Onde está o teu tesouro, lá também está teu coração. Mt. 6,21

- O reino dos céus é também semelhante a um tesouro escondido num campo. Um homem o encontra, mas o esconde de novo. E, cheio de alegria, vai, vende tudo o que tem para comprar aquele campo. Mt. 13, 44

- Há pessoas que não sabem viver sem depender dos outros. São como certos animais que só vivem bem quando têm dono. Célio Devenat

- Aquele que anda de rastro, como um verme, nunca poderá queixar-se de que foi pisado por alguém. Kant


6 comentários:

  1. Oi querida adorei seu blog e o descobri por acaso, tambem moro no Paraná, em Guarapuava, onde sou professor de filosofia para crianças em duas escolas aqui da cidade. Seu blog é um tesouro de idéias, parabéns.
    Sérgio Santos
    serosas@uol.com.br
    http://serfilosofo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Ótimo seu blog também sou prof: aqui em Guarapuava Pr. Leciono Filosofia para crianças.
    serosas@uol.com.br

    ResponderExcluir
  3. analize ridícula do texto..
    sinteze pessima..

    vá estudar mais, vá..

    ResponderExcluir
  4. Recebi seu comentário de 31/03/2008 sobre a análise do texto "O Mendigo e a pedra", postado no dia 10/07/2007. Na realidade o conteúdo que recebeu o nome de análise é apenas uma síntese de idéias, com objetivo de contribuir com o professor do Ensino Médio. Creio que todo professor capacitado é capaz de desenvolver uma boa aula, adaptando o conteúdo de acordo com a série onde ministra aulas.
    Não sou uma pessoa que só aceita elogios. Tenho publicado comentários com críticas e sei que a crítica é importante para a auto análise e o crescimento pessoal.
    Não sei se foi em virtude do seu anonimato, senti agressividade em suas palavras. Estou aberta a críticas e sugestões que possam contribuir não só para o meu crescimento, mas também aos leitores do blog. As boas idéias são sempre bem vindas: Envie sua análise. Certamente ela será muito útil para meu aprendizado e os demais professores poderão também poderáo usufruir de sua vasta cultura.

    Seja bem vindo(a).
    Apareça.

    Importante: As palavras "análise" e "síntese" são proparoxítonas (e todas são acentuadas) escritas com "s"

    ResponderExcluir
  5. Oi! Terezinha gostaria de parabenizá-la pela iniciativa. Seu blog é miuto bom descobri por acaso quando fazia pesquisa para montar uma aula, sou professora em MG, de Português. Gostaria de lhe pedir permissão copiar algumas de suas atividades e até mesmo de enviar para você algumas, isto porque acredito muito nas trocas de esperiências.

    beijos! Sheila Mara de Ipatinga

    ResponderExcluir
  6. Claro que pode copiar Sheila, o objetivo é esse. Estou com pouco tempo para preparar atividades e o blog tem ficado um pouco abandonado, portanto suas atividades são muito bem vindas.


    Abraços Sheila

    ResponderExcluir

A humanidade é um oceano. Se algumas gotas estão sujas, isso não significa que ele todo ficará sujo. (Mahatma Gandhi)