TRANSLATE

Busque arquivos antigos

27 de maio de 2007

O homem e a natureza



O CAPÍTULO PERDIDO


NO PRINCÍPIO era a Terra e ela tinha forma e beleza. E o homem habitava as planícies e vales da Terra. E disse o Homem: Edifiquemos prédios neste lugar: e construiu cidades e encheu a Terra com aço e concreto. E as campinas desapareceram. E viu o homem que isso era bom.
NO SEGUNDO DIA, o homem olhou as água da Terra. E disse: Joguemos nossos refugos nas águas para acabar com o lixo. E assim fez. E as águas ficaram poluídas e seu odor, fétido. E viu o homem que isso era bom.
NO TERCEIRO DIA, o homem olhou as florestas da Terra e viu que eram exuberantes. E disse: Serremos madeira para as nossas casas e cortemos lenha para nosso uso. Assim fez o homem. E as árvores desapareceram e a Terra se tornou árida. E viu o homem que isso era bom.
NO QUARTO DIA, o homem viu que os animais corriam livremente pelos campos e brincavam ao Sol. E disse: Enjaulemos os animais para nosso divertimento e os matemos por esporte. E assim fez o homem. Não havendo mais animais sobre a face da Terra. E viu o homem que isso era bom.
NO QUINTO DIA, o homem respirou o ar da terra. E disse: Espalhemos nossos detritos pelo ar, pois os ventos os dissiparão. E assim fez o homem. E o ar se impregnou de fumo e gases que não podiam ser eliminados. A atmosfera se tornou pesada com a fumaça que sufocava e ardia. E viu o homem que isso era bom.
NO SEXTO DIA, o homem olhou o próprio homem. E, ouvindo as muitas línguas e vendo as diferenças raciais, temeu e sentiu ódio. E disse: Façamos grandes máquinas para destruir estes antes que nos destruam. E construiu enormes máquinas e a Terra foi convulsionada com a fúria das grandes guerras. E viu o homem que isso era bom.
NO SÉTIMO DIA, havendo o homem terminado toda a sua obra, descansou. E a Terra estava silenciosa e vazia, pois já o homem não habitava a face da Terra. E isto foi bom?
Revista Mocidade
COMO PRESERVAR A FAUNA


Nunca usar roupa, complemento ou enfeite de decoração feito de produto ou subproduto cuja retirada implique na morte ou mutilação de qualquer animal. Exemplo: cosmético à base de óleo de tartaruga, plumas de pássaros, consumo de carnes de caça, etc.;

Jamais adquirir animais vendidos na rua;

Não freqüentar circos ou espetáculos com animais amestrados ou enjaulados;

Nunca ter como animais de estimação espécies silvestres como macacos, jaguatiricas, etc.;

Cuidar das plantas, aves e animais do local onde vive, denunciando às autoridades ecológicas qualquer movimentação estranha que prenuncie derrubada de árvores ou mata, (alçapões) de animais, ou caça.
MENSAGEM:
_ O menino que atormenta os animais, há de mais tarde atormentar a família e a Pátria. (Pitágoras)
_ Os maus tratos aos animais demonstram covardia e ignorância. (Leon Tolstoi)
OBSERVAÇÃO:
Muitos meninos ainda fazem estilingue e saem caçando passarinho por aí, matando pelo prazer de matar. O professor pode comentar sobre isso.

ATIVIDADES



- Colorir os desenhos, recortar e colar as figuras no caderno, copiando o que o homem fez do primeiro ao sétimo dia e como preservar a fauna

Para o professor:
Acesse o blog Palavras Articuladas e veja algumas imagens de tráfico de animais
Filme A walk in the woods. Mostra o que encontramos quando visitamos uma floresta. Escolha o idioma: Inglês ou Espanhol.

2 comentários:

  1. Olá,sra, Terezinha bordigno adorei seu saite me ajudou muito em um trabalho beijos

    ResponderExcluir
  2. Adorei saber mais sobre o conteúdo.
    Aprendi muito com esse site.
    Valeu!!1

    ResponderExcluir

A humanidade é um oceano. Se algumas gotas estão sujas, isso não significa que ele todo ficará sujo. (Mahatma Gandhi)