TRANSLATE

Busque arquivos antigos

1 de março de 2007

A Raposa e as uvas



(Esopo)

Uma raposa entrou faminta num terreno onde havia uma parreira, cheia de uvas maduras,cujos cachos se penduravam, muito alto,em cima de sua cabeça. A raposa não podia resistir à tentação de chupar aquelas uvas, mas, por mais que pulasse, não conseguia abocanhá-las. Cansada de pular, olhou mais uma vez os apetitosos cachos e disse:
_ Estão verdes...

Moral: É fácil desdenhar daquilo que não se alcança.


A Raposa e as uvas

Millôr Fernandes

De repente a raposa, esfomeada e gulosa, fome de quatro dias e gula de todos os tempos, saiu do areal do deserto e caiu na sombra deliciosa do parreiral que descia por um precipício a perder de vista. Olhou e viu, além de tudo, à altura de um salto, cachos de uvas maravilhosos, uvas grandes, tentadoras. Armou o salto, retesou o corpo, saltou, o focinho passou a um palmo das uvas. Caiu, tentou de novo, não conseguiu. Descansou, encolheu mais o corpo, deu tudo que tinha, não conseguiu nem roçar as uvas gordas e redondas. Desistiu, dizendo entre dentes, com raiva: "Ah, também, não tem importância. Estão muito verdes." E foi descendo, com cuidado, quando viu à sua frente uma pedra enorme. Com esforço empurrou a pedra até o local em que estavam os cachos de uva, trepou na pedra, perigosamente, pois o terreno era irregular e havia o risco de despencar, esticou a pata e. . . conseguiu ! Com avidez colocou na boca quase o cacho inteiro. E cuspiu. Realmente as uvas estavam muito verdes !

MORAL: A FRUSTRAÇÃO É UMA FORMA DE JULGAMENTO TÃO BOA COMO QUALQUER OUTRA


A Raposa e as uvas

LaFontaine

Certa raposa astuta, normanda ou gascã, quase morta de fome, sem eira nem beira, andando à caça, de manhã, passou por uma alta parreira carregada de cachos de uvas bem maduras.

Altas demais - não houve impasse:

"Estão verdes. . . já vi que são azedas, duras. . ."

Adiantaria se chorasse?


Fábulas de LA FONTAINE
Século XVII

''A RAPOSA E AS UVAS''


Raposa matreira Foi-se pôr-se debaixo D'erguida parreira. Cos olhos num cacho Das uvas mais belas, Contando com elas; Armou-lhes três pulos, Porém autos nulos, Que não lhes chegou: De novo saltou, Mas teve igual sorte; Buscando outro norte, Num ar de desdém, Torcendo o nariz, Com gestos de quem Por más não as quis, Foi pernas metendo Com lépido passo, E disse entendendo, Qu'as outras a ouviam: Estão em agraço, Nem cães as comiam. Há muitos humanos Que seguem tais planos, Por coisas se empenham Que sôfregos querem, E delas desdenham Se não lhas conferem.


A Raposa e as uvas

Monteiro Lobato

Certa raposa esfaimada encontrou uma parreira carregadinha de lindos cachos maduros, coisa de fazer vir água à boca. Mas tão altos que nem pulando.

O matreiro bicho torceu o focinho.

- Estão verdes - murmurou. - Uvas verdes, só para cachorro.

E foi-se.

Nisto deu o vento e uma folha caiu.

A raposa ouvindo o barulhinho voltou depressa e pôs-se a farejar. . .

Moral: Quem desdenha quer comprar.


Sugestão de Atividades:

Comparar os textos da fábula "A Raposa e as uvas", identificando as semelhanças e diferenças.
Explicar a moral de cada fábula


Produção de texto:

Ampliar e modificar a fábula "A barata e os filhos";
Ilustrar a fábula com desenhos;
Exposição dos textos


Como Trabalhar a fábula "A Raposa e as Uvas" em séries iniciais.



A barata e os filhos



A barata saiu debaixo de umas pedras com os filhos e disse-lhes, enquanto eles ainda estavam ao sol:
_ Passeai, flores! Passeai, flores!


Daqui vem o ditado: "Quem o feio ama, bonito lhe parece".


(Ilha de São Miguel)





15 comentários:

  1. Caros, na sugestão de atividades a palavra textos foi digitada com "S", corrijam por favor. aproveito para parabenizá-los pelo site!
    atenciosamente,
    Prof. Débora Martins.

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de saber qual o comportamento humano é criticado na fábula de Esopo. Ajudem por favor. =[

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Cristiano

    Acredito que o sentimento de soberba.

    ResponderExcluir
  5. AL. Pedro Andrade12 de maio de 2009 17:37

    Eu sou um aluno do 6º Ano do Colégio Militar de Juiz de Fora e eu gostei do site. Parabéns pelo blog! Consegui a fábula que precisava.

    ResponderExcluir
  6. sabe eu preciso passar essa fabula p/ minha turma eu sou estágiaria so que a turma que peguei é de primeira serie da escola municipal e axu que eles nao vao entender muitu
    O que devo fazer para conseguir deixar mas interessante para prender a atenção deles?

    ResponderExcluir
  7. Excelente! Principalmente para muitos educadores que não sabem trabalhar com "fábulas" e para muitos que, principalmente, não sabem diferenciar os tipos te textos: Fábulas;Contos; Poesias; Acrósticos; Informativos; entre outros...Infelizmente, ainda temos como alfabetizadores com esse perfil... Sugiro que além de "fábulas", vocês possam estar elaborando projetos com outros tipos de textos, passando informação para cada visitante, informação de cada tipo de texto e como o mesmo pode ser trabalhado em séries iniciais e fundamentais até o nono ano. Acredito que ajudarão muito na alfabetização, porque os alunos de hoje, na sua grande maioria, não gostam de ler e não escrevem corretamente, por falta de motivação, oriunda do despreparo, também do professor que não passa de um reprodutor do que está escrita nos livros didáticos, porque não quer mudar, inovar por insegurança talvez ou simplesmente pelo comodismo...O que "acho" uma pena!!!!

    Abraços harmoniosos!

    Tetéia

    ResponderExcluir
  8. cada sugestao legal
    gostei muito do site e essa fabula serve para muita gente !

    ResponderExcluir
  9. Parabens pelo site me ajudou mt.
    (:

    ResponderExcluir
  10. UM GOSTEI DO TRABALHO ME AJUDOU NA MINHA HISTORIA EM QUADRINHOS

    PROF ROBERTO NUNES

    ResponderExcluir
  11. odiei..........
    Mintiraa ameii

    ResponderExcluir
  12. esse site e legalllll.

    ResponderExcluir
  13. Boom demaiis viiu ! mas poderia colocar videos para criançãas ! fica a dica Bjãao

    ResponderExcluir
  14. muito bom!me ajudou muito nos trabalhos que eram sobre fabulas!@_@...
    S2

    ResponderExcluir

A humanidade é um oceano. Se algumas gotas estão sujas, isso não significa que ele todo ficará sujo. (Mahatma Gandhi)