TRANSLATE

Busque arquivos antigos

27 de agosto de 2007

Discriminação

O PATINHO FEIO

Lá embaixo, na campina, escondido pela grama alta, havia um ninho cheio de ovos. Mamãe Pata deitava-se nele, toda feliz, aquecendo os ovinhos. Ela esperava com paciência que seus patinhos saíssem da casca.

Foi uma alegria doida no ninho. Craque! Craque! Os ovinhos começaram a abrir.

Os patinhos , um a um, foram pondo suas cabecinhas pra fora, ainda com as peninhas molhados. No meio da ninhada, havia um patinho meio estranho, bem diferente dos outros.

Uma pata gorda, a linguaruda do quintal, foi logo dizendo:

- Mas o que é muito cinzenta e feia?

Mamãe Pata ficou triste com o comentário da linguaruda. Aí ela falou:

- Não vejo nada de errado com o meu patinho!

- Eu vejo - disse a linguaruda, completando: - Nenhum dos outros
patinhos é assim!

Alguns dias depois, Mamãe Pata foi se balançando lá para as águas do lago, com os patinhos atrás. Plaft! Ela pulou na água - e um por um, os patinhos pularam também.
Nadaram que foi uma beleza. Até o patinho feio nadou com eles também.

Hans Christian Andersen

O racismo e a discriminação a qualquer título são abomináveis aos olhos daqueles que vivem a verdadeira humanidade e que tratam aos outros com igualdade, respeito e amor independente da cor, da raça, do sexo, da idade, da profissão, etc...

(Cristina Baida Beccari)


USE O TEXTO "O PATINHO FEIO" E AS IMAGENS ABAIXO PARA TRABALHAR DIFERENTES TIPOS DE DISCRIMINAÇÃO:




2 comentários:

  1. A discriminaçãodeve-se muito a educação... a nossa sociedade precisa urgentemente renovar os seus conceitos, os seus princípios... O povo precisa de educação e aprender a respeitar as pessoas como elas são.

    Adorei este post! Parabéns pelo belo trabalho que vens fazendo por aqui

    ResponderExcluir
  2. Cristina Baida Beccari31 de outubro de 2007 16:22

    O preconceito é um a arma mortal que dilacera a vítima e as pessoas que a cercam e estimam.
    Temos que combater todo tipo de discriminação e preconceito. Somos todos humanos e merecemos ser amados por nossas virtudes. A aparência, a raça, o sexo, a cor, a conta bancaria e outros aparatos não mudam a riqueza do coração e nem a capacidade intelectual e nem a profissional.
    As aparências enganam e as vaidades trazem prazeres passageiros. Entretanto os verdadeiros sentimentos e o amor "agápe" permanecem para sempre.

    ResponderExcluir

A humanidade é um oceano. Se algumas gotas estão sujas, isso não significa que ele todo ficará sujo. (Mahatma Gandhi)