TRANSLATE

Busque arquivos antigos

12 de fevereiro de 2008

Uma prece




“Ó Deus, quando presto atenção nas vozes dos animais, no ruído das árvores, no murmúrio das águas, no gorjeio dos pássaros, no zunido do vento ou no estrondo do trovão, percebo neles um testemunho da Tua unidade: sinto que Tu és o supremo poder, a onisciência, a suprema sabedoria, a suprema justiça.
Ó Deus, conheço-Te nas provas que estou passando. Permite, ó Deus, que Tua satisfação seja minha satisfação. Que eu seja Tua alegria, aquela alegria que um Pai sente por um filho. E que eu me lembre de Ti com tranqüilidade e determinação, mesmo quando fica difícil dizer que Te amo.”
Dhu’l-Nun (egípcio, falecido em 861 A.C.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A humanidade é um oceano. Se algumas gotas estão sujas, isso não significa que ele todo ficará sujo. (Mahatma Gandhi)